terça-feira, 17 de novembro de 2015

Um pouco de poesia...


Poema I
                                                                               
 
Haward Behrens
 
 
(Pintura "roubada" do blogue Ainda É De Dia)
 
 
Poema II
 
Melancolia
 
Olhando distraído o armário eu vi
o sol que nele se reflectia.
E comecei: «um quadrado de luz
num rectângulo de sombra.
Ou talvez um quadro
uma equação
um exercício de pura geometria.»
Mas enquanto fazia isto que faço
já o sol no ocidente se escondia
deixando no armário um breve traço
de profunda melancolia.
 
Manuel Alegre
 
 
Poema III
 
bilhete de identidade
 
Observo a caligrafia azul
do meu nome - paisagem
imutável como o caminho
que aprendemos na infância
e somos incapazes de esquecer.
Vista daqui, a impressão
digital é um labirinto.
 
José Mário Silva
 
 
Poema IV
 
                                                                              

 
 
Poema V
 
terra incógnita
 
A partir daqui,
não sabemos nada.
 
José Mário Silva
  


24 comentários:

  1. Respostas
    1. Acho que também é o meu preferido!
      Adoro o mar:)

      Boa noite, Bea.

      Eliminar
  2. Todos, incluindo os icónicos, são belos poemas!

    Bom resto de semana,Isabel.

    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada:)
      Desejo-te também continuação de boa semana; amanhã já é quinta...yupiii!

      Beijinhos:)

      Eliminar
  3. Para mim , o mar é o poema mais completo dos cinco...
    Que tenhas um bom dia, beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo! E já somos três!

      Obrigada por me "emprestares" a pintura, Maria. Não imaginas como gostei desta pintura!

      Foi um bom dia (embora com uma reunião de quase 3 horas :(
      Um beijinho:)

      Eliminar
  4. Respostas
    1. Fico contente que tenha gostado, Margarida.

      Boa noite:)

      Eliminar
  5. Pura poesia, nas mais diversas vertentes...
    Adorei tudo!!!!
    Um post, inspirado... e inspirador...
    Beijinhos, Isabel!
    Continuação de uma boa semana!
    Ana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Ana!
      Continuação de boa semana para si também. Mais dois dias e é...SÁBADO!!!

      Beijinhos:)

      Eliminar
  6. Isabel,
    Todos os poemas são muito bonitos, mas o IV e o V, no meu entender, superam os anteriores.
    Por vezes, não são necessárias muitas palavras (ou nenhumas - poema IV) para se dizer muito!!
    Beijinhos.:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O IV também é o meu preferido! :)

      Pois não, Cláudia, às vezes muitas palavras não dizem muito.

      Um beijinho e um fim-de-semana descansado:)

      Eliminar
  7. Boa noite Isabel :
    Gosto de poemas pequenos que dizem muito !
    Talvez por isso acho todos belos, mas o último é o meu preferido!

    Um beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Fico contente que tenha gostado:)

      Um beijinho e um bom fim-de-semana para si, Fê :)

      Eliminar
  8. "A partir daqui, não sabemos nada."

    Coberto de razão! Não sabemos e nunca saberemos, por mais esforço que possamos fazer. Somos muito pequenos...
    A obra acima, linda.
    Bjus, Isabel!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É essa incógnita que, em parte, nos move, não é verdade?

      Também gostei muito da pintura, aquela luz encanta-me.

      Beijinhos e que tenha um bom fim-de- semana:)

      Eliminar
  9. São todos bonitos mas o meu preferido é o V.
    Beijinho e bom fim-de-semana. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Um beijinho e merecido descanso para o fim-de-semana:)

      Eliminar
  10. Donde do pouco se faz muito.

    Boa postagem, Isabel :)

    ResponderEliminar
  11. Bem escolhidos os poemas e as imagens! Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Maria João:)
      Fico muito feliz de a ver por aqui:)
      Um beijinho:)

      Eliminar
  12. Um pouco de poesia é o título, mas,subtilmente, diz-me muita poesia.
    Muito bem conseguido este trabalho com o toque personalizado das imagens.
    Bj

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada, Agostinho, pelas suas palavras simpáticas.

      Um beijinho e desejo-lhe uma boa semana:)

      Eliminar