domingo, 14 de maio de 2017

Parabéns Salvador Sobral...

...que trouxe a primeira vitória da Eurovisão para Portugal.
E a canção é muito bonita!

 
 
                                                                                       

14 comentários:

  1. Estava escrito entre as estrelas Portugal ganhará o festifal . Eu Belga ,Salvador ou Blanche
    O meu coração pode amar pelos dois
    Parabens Portugal

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada, Alfacinha. É simpático da sua parte isso que diz.

      Uma boa semana para si:)

      Eliminar
    2. Fui espreitar o seu blogue, mas é complicado deixar comentários...

      Eliminar
  2. Oh! Esqueci-me de ver. PARABÉNS SALVADOR!!!
    E concordo cada vez mais: a canção é muito bonita, sim. Luísa Sobral também merece felicitações; e até os pais que deram à música filhos tão de qualidade. E mesmo o pianista Júlio Resende. E o resto dos portugueses directamente envolidos e de que não sei nomes. Estamos todos de parabéns. Apesar dos boatos, da opinião generalizada dos mais novos de que era uma das canções melhores e, quiçá, capaz de vencer o festival, confesso que não acreditava na última hipótese. Era um exagero de décadas em descrédito sobre os ombros. Que boa notícia para um início de manhã.
    O garoto merece e gosto dele até debaixo de água. Viva Salvador Sobral e mais quem acreditou na canção!!!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Também não vi, não tenho paciência, mas fui espreitar uma ou duas vezes e depois mudei de canal precisamente quando estava a terminar a votação e fiquei muito contente com a vitória.

      Também não acreditei na vitória, apesar de gostar da canção, desde que a ouvi a primeira vez.
      Não a achei suficientemente festivaleira para o gosto habitual nestes festivais, e no fim...ganhámos mesmo! Fiquei contente, porque já não acreditava numa possível vit
      oria, ao fim de tantos anos!

      Gosto muito da Luísa Sobral e do irmão pouco sei, mas gostei de o ouvir.

      Eliminar
  3. Afinal fui olhar o festival da eurovisão deste ano e o pianista Júlio Resende não estava. Mas pronto, confusões de quem pouco sabe destas coisas. Está feita a correcção. O seu a seu dono.
    E parece que só mesmo eu é que desconhecia o fenómeno que a canção é no youtube. Ora esta.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também desconhecia esse fenómeno...

      Eliminar
  4. Eu não dava nada por esta canção. :)
    Bom domingo!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu não acreditava numa possível vitória (depois de tantos anos de espera...), mas gostei da canção quando a ouvi, uns dias antes do festival.

      Lembra-me aquelas canções dos filmes dos anos 50. Acho-a bonita.

      Boa semana, MR:)

      Eliminar
  5. Olá Isabel!
    É uma vitória merecida para a Luísa e para o Salvador. Pela simplicidade da letra e melodia e pela voz angelical de quem encantou o mundo cantando em português. É assim mesmo, Salvador.
    Tudo perfeito!
    Beijo.

    ResponderEliminar
  6. Ainda me custa a crer... visto o Festival, ser um costumeiro concurso de humilhação permanente, para todos os intérpretes portugueses, desde há décadas...
    Beijinhos! Feliz semana!
    Ana

    ResponderEliminar
  7. É verdade: foi um feito histórico! Bom dia!

    ResponderEliminar
  8. Adoro o poema e a performance do rapaz.
    Tudo excelente :))
    beijinhos

    ResponderEliminar
  9. Nunca levei a sério o evento. Muito espalhafato, fumos, luzes, bizarrias que não me agradam.
    A expectativa criada pelos média levou-me a dar uma espreitadela este ano. O pouco que vi confirmou a minha ideia, com excepção para o tal Salvador (da Pátria(?) como fora o Mestre d'Avis dos burgueses e do povo), que vi e ouvi já na sagração do vencedor.
    O moço e a mana sabem da poda. Com uma canção simples, na estrutura musical e do poema, e uma apresentação sóbria conquistaram facilmente os favores da gente. Parabéns, pois, aos manos.
    Agora é depois é a novela que se prolongará até ao Verão...
    Bj

    ResponderEliminar