sexta-feira, 11 de julho de 2014

Pequena Canção

 
Pássaro da lua,
que queres cantar,
nessa terra tua,
sem flor e sem mar?
 
Nem osso de ouvido
pela terra tua.
Teu canto é perdido,
pássaro da lua...
 
Pássaro da lua,
porque estás aqui?
Nem a canção tua
precisa de ti!
 
Cecília Meireles
Obra Poética, pág.195 
 
 
 
Myra Landau
 

16 comentários:

  1. Muito apropriado à actual conjuntura que rodeia a Myra !

    Cecília, sempre a eterna poetisa em língua nossa.

    Um beijo.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Onde há guerra não espaço para o canto dos pássaros.

      Um beijinho e um bom fim-de-semana :)

      Eliminar
    2. Muito boa essa canção que pra meus ouvidos,também soou como um lindo poema.bjs

      Eliminar
    3. Ainda bem que gostou anónimo/a.
      Se voltar deixe o seu nome :)
      Boa semana!

      Eliminar
  2. Uma preciosidade de poema claro e raro.

    ResponderEliminar
  3. Muito bonitos: poema e desenho!

    Bom fim-de-semana. :) Bj

    ResponderEliminar
  4. Sempre maravilhosa, a poesia de Cecília Meireles.
    Bom fim de semana!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo, tem poemas tão bonitos!
      Bom domingo, MR :)

      Eliminar
  5. Gostei muito do poema e da obra da Myra.
    Escolhi um dentro deste tema dela, qualquer dia coloco.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Gosto sempre do enquadramento em que colocas as obras da Myra.
      Fico à espera!

      Um beijinho :)

      Eliminar
  6. Tão bonito, Isabel! Grande poetiza!
    "Pássaro da lua,
    porque estás aqui?
    Nem a canção tua
    precisa de ti!"
    Lindo o quadro da Myra!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É mesmo!
      E este pequeno poema é um encanto.

      Fico contente que tenha gostado, Maria João :)
      Um beijinho :)

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Também gosto muito da poesia dela !
      Somos duas fãs :)

      Um beijinho :)

      Eliminar