terça-feira, 20 de novembro de 2012

Respiro teu nome

                                       

Respiro teu nome.
Que brisa tão pura
Súbito circula
no meu coração!

Respiro teu nome.
Repentinamente,
de mim se desprende
a voz da canção.

Respiro teu nome.
Que nome? Procuro...
- Ah! teu nome é tudo.
E é tudo ilusão.


Respiro teu nome.
Sorte. Vida. Tempo.
Meu contentamento
é límpido e vão.

Respiro teu nome.
Mas teu nome passa.
Alto é o sonho. Rasa,
minha breve mão.


Cecília Meireles, Obra Poética, pág.638
Aguilar Editora



 


                                                                       

20 comentários:

  1. Como é bom ler Cecília M., sempre muito bom.

    bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sim. Gosto muito da poesia dela.
      Beijinhos para todas

      Eliminar
  2. Não estarás apaixonada!
    Oxalá que assim seja, e se fôr, que o faças saber à pessoa afortunada.Não há que ter medo de dizer as coisas bonitas da vida.
    Que tenhas um bom dia, beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ó Maria és tão engraçada!
      Não, este meu coração empedernido não está apaixonado. Mas gostava de estar!
      De qualquer maneira fico com o dia bonito!
      Beijinhos e resto de dia bonito também para ti.

      Eliminar
  3. São teus os coraçõezinhos? Lindos como o simples poema que puseste de uma poetiza de grande classe...
    Beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São sim, Maria João. Deu-me para isto! Fotografei-os. Tenho por aqui muita coisa pendurada. Nas chaves, nas maçanetas das portas, nos varões dos cortinados...mariquices! Mas gosto.

      Obrigada por gostar da simplicidade das coisas.
      Um beijinho grande

      Eliminar
  4. Isabel, sente-se o pulsar dos corações...
    Alguns são da sua autoria, certo?
    O poema é muito bonito. E, o exemplar "cheira-me" a Coimbra...
    Beijinhos.:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso não são Cláudia. São todos de compra, mas realmente os de pano não são dificeis de fazer. E eu adoro estes trabalhos e gosto de fazer, mas não há tempo para nada. Mais uma coisa...para a reforma!

      Pois, o exemplar veio de Coimbra. É aquele livrinho antigo, que é uma preciosidade.
      Um beijinho e bom trabalho ( nessa loja maravilhosa, que hei-de conhecer)

      Eliminar
  5. Que linda poesia! Que lindas ilustrações! Toda a sua grande e requintada sensibilidade, a ela se deve. Parabéns e obrigado, querida amiga!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Manuel, pelas suas palavras tão bonitas e pela amizade.
      Um beijinho grande

      Eliminar
  6. Olá Isabel,
    São muito bonitos os seus corações. Dizem, que corações atraíem corações!... Que os corações atraídos lhe tragam toda a felicidade do mundo! Cada um tem o seu mundo. Gostei muito das fotos!
    Um beijinho, Isabel
    ME

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca tinha ouvido dizer isso. Mas se assim é, ainda bem.
      Muito obrigada.
      Já estão aqui muitos corações amigos. Não há melhor bem: a família e os amigos.
      Um beijinho, Maria Eduardo

      Eliminar
  7. Gostei do post. E da coleção de corações. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada MR.
      Também gosto dos corações. De vez em quando lá compro mais um que me agrada!
      Boa tarde!

      Eliminar
  8. Cecilia Meireles, é GRANDE e voce tambem:)))gostei dos coraçoes!
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Muito obrigada Myra! É uma simpatia!
      Um beijinho

      Eliminar
  9. A minha irmã também colecciona corações, que confecciona, desenha ou recolhe em imagens. :)

    São muito bonitos, poema e corações.

    Votos de bom domingo... de coração!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá deep
      Muito obrigada.
      A sua irmã também tem algum blogue? Para eu ir espreitar...
      Já não venho a tempo de desejar um bom domingo, mas desejo-lhe uma boa semana

      Eliminar