sábado, 19 de maio de 2012

Tarde no campo

Hoje fui até ao campo.
O tempo mudou e choveu um pouco.
Apareceu um arco-íris completo, como poucas vezes tive oportunidade de ver.
E sobre esse, um outro, mais esmorecido.
Só no campo se consegue ver o que a cidade sempre esconde.







                                                                          

16 comentários:

  1. Momentos perfeitos, sem dúvida,Isabel.

    Um beijinho.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Bom dia
      São.
      Aquele arco-íris que atravessava o céu de um lado ao outro num semi-círculo completo, com todas as cores bem definidas, era na verdade perfeito!
      O céu que antecede a chuva, o gatito por ali a deambular, a paz ...
      São momentos perfeitos a que por vezes nem damos o devido valor.
      Um beijinho e um bom domingo.

      Eliminar
  2. Roubei-te a primeira foto.
    Tens toda a razão, quem não sai ao campo não sabe o que perde. Os arco-iris "completos" são um espactáculo único e escasso.
    Que acabes bem o domingo e tenhas uma boa semana, beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Rouba as que quiseres, Maria, que eu fico contente.
      Este arco-íris era LINDO. Mas na minha máquina ou talvez pelo sítio onde estava, não consegui apanhá-lo inteiro. Mas guardei-o na memória. Lindo. E depois um outro por cima desse. Um belo espectáculo.
      Um bom domingo também para ti e boa semana.
      Besitos
      Chabela

      (Hoje está de chuva por aqui. Passa, chove, passa...)

      Eliminar
  3. Isabel,
    Adorei o gatinho/a. Tenho uma gata parecida.
    Bom dia de campo, estou a ver. O arco-íris é fantástico.
    Beijinhos. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Pois Ana, também não sei se é um gatinho ou gatinha. Anda por lá. É vadio, mas como lhe dão comida, vem até ali e até se deixa agarrar.
      Foi uma tarde bem passada.
      Por acaso poucas vezes vi um arco-íris assim.
      Beijinhos

      Eliminar
  4. amo os arco iris! teu gatinho é lindo, ja comencei a ler o livro que mandou, e estou gostando e ao mesmo tempo vejo bastante diferente o "braileiro" do "portugues"!!!
    beijos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O gatito não é meu. Não tenho nenhum animal. Já tive pássaros e peixinhos, mas quando morrem tenho pena. Cães e gatos em casa não quero, porque dão muito trabalho. Eu moro num andar.
      Espero que o livro ajude a passar um bocadinho do tempo.
      O tempo é tão relativo. Eu ficava de boa vontade com metade do seu sábado, ou mais, pois o meu passa tão depressa!...
      O português de Portugal é o correcto. Agora há um novo acordo ortográfico, a que me recuso a aderir. Na escola, infelizmente tenho que o seguir, fora isso, vou continuar a escrever como está certo.
      Um beijinho

      Eliminar
  5. Respostas
    1. Muito obrigada Manuel.
      Fico contente que goste minhas fotos.
      Um beijinho e boa semana

      Eliminar
  6. Isabel, adoro o campo, adoro gatos e este arco-íris, fez-me lembrar um que uma vez vi aqui no Porto. Simplesmente parei a contempla-lo e nunca mais me esqueci... era fabuloso. Muito grande e era composto por todas as cores e mais algumas, como se costuma dizer.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu acho que nunca vi um arco-íris tão perfeito, mas não consegui fotografá-lo "inteiro". Era grande demais!Mas não apetecia desviar o olhar, de tão bonito que era...
      Também gosto do campo e não me importava de morar no campo. Gosto de ter espaço.
      Gatitos, eu gosto deles e de os ver por ali,mas não sou muito dada a agarrá-los. Deixo-os andar...
      Um beijinho e boa noite

      Eliminar
  7. Respostas
    1. Muito obrigada MR.
      Boa noite para si também.

      Eliminar
  8. De tudo, o arco iris me tira o fôlego, a tristeza e a mágua. É tão perfeito, tão sutil, tão palpável com os olhos que me encanto com a perfeita lógica do universo.

    bjs e obrigada pelas fotos.

    bjs meus

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Este era perfeito!
      Tira o fôlego mesmo.
      A perfeição do Universo. A perfeição de Deus.

      Um beijinho especial

      Eliminar