sábado, 11 de maio de 2013

A noite inteira já não chega


A noite inteira já não chega.
Nenhum silêncio nos consola
de ver o rio por uma nesga
entre o cimento feito esmola.

Quando a cidade nos derrota
dói de saudade o verbo ir
como se o rio viesse à porta
com suas velas de partir.

E de mãos dadas não partimos
presos na margem de estar cá.

Só um no outro descobrimos
o horizonte que não há.


A Noite Inteira Já Não Chega, Rosa Lobato de Faria, pág.46
Guimarães/ Babel

                                                                             
 
 
É uma edição muito bonita, de Dezembro de 2012, que reune poesia de Rosa Lobato de Faria de 1983 a 2010.
O livro inclui ainda recepção crítica de João Conde Veiga, João Gaspar Simões e Luís Forjaz Trigueiros a Os Deuses de Pedra, 1983 e Memória do Corpo, 1992, respectivamente.
 

14 comentários:

  1. A poesia sempre bonita da nossa saudosa "Rosinha".
    Um beijinho e bom fim de semana

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já li vários livros da Rosa Lobato de Faria e gosto muito, mas de poesia não tinha nenhum e apenas conheço poucos poemas (já aqui coloquei um). Já tinha procurado alguma coisa dela e não encontrei. Agora vi este na Bertrand e trouxe-o logo!
      Um beijinho Maria Eduardo

      Eliminar
  2. Conheço a edição. Está, de facto, muito bonita e muito bem organizada.

    A "Rosinha" merece.


    Um beijo

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É um livro muito bonito.
      Imagino-o ainda mais perfeito, com alguns desenhos simples a ilustrar alguns poemas.

      Um beijo e boa semana, Lídia.

      Eliminar
  3. Não conheço a poesia de Rosa Lobato Faria mas gostei.
    A edição é lindíssima.
    Beijinho. :))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Nunca leste nenhum livro dela? Eu gosto dos livros dela. A poesia conheço pouco. Vou conhecer melhor, agora com este livro.
      Um beijinho e boa semana!

      Eliminar
  4. Pela amostra, deve valer a pena. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acredito que sim. Vou lendo devagar, agora que já tenho o livro.
      Boa semana, Deep! :)

      Eliminar
  5. Muito bonito o poema e repleto de significado!

    Beijinhos e bom domingo.:))

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu gosto da escrita dela, Cláudia. Já leu alguma coisa?
      Este poema também acho muito bonito.

      Já passou o domingo! :(
      :(

      Um beijinho :)

      Eliminar
  6. Muito bonita Isabel. Mas lembra-te que a seguir à noite vem sempre o dia....

    Beijinho

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O que seria de nós se assim não fosse!

      Noite/dia
      Alegria/tristeza
      Bom/mau

      ...é a roda da vida!

      Um beijinho, JP!

      Eliminar
  7. Linda poesia, oxalá continues a regalar-nos com algumas como esta!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada Maria.
      Está tudo bem contigo?
      Um beijinho

      Eliminar